Coringa | Diretor discute o final chocante e o que ele significa

Diretor de Coringa comenta as incertezas do final do filme
Coringa/DC/Divulgação

Todd Phillips comenta suas intenções sobre a maneira de construir a história envolta em incertezas

Se você ainda não viu Coringa, saiba que este post contém spoilers que podem estragar sua experiência. Por isso, se preferir, pode voltar depois de assistir o filme e você vai entender tudo!

Ao longo da história narrada no filme do Coringa do diretor Todd Phillps, percebemos que alguns pontos da trama só ocorreram na cabeça de Arthur Fleck. Esses momentos certamente me impressionaram e muitos membros da platéia questionaram se o final do filme era real ou não, ou se tudo também foi inventado enquanto o Coringa permanece preso no hospital psiquiátrico.

O filme parece ser apresentado como uma grande piada, e alguns elementos até sugerem isso. Como quando Arthur diz ao apresentador no final: “Você não entenderia.” Bem, Phillips conversou recentemente com a ComicBook e foi perguntado se a narrativa geral do filme seria real no cânone daquele mundo ou se Arthur Fleck inventou a coisa toda. Esta foi a resposta dele:

“Quando Scott Silver e eu nos sentamos para escrevê-lo, sabíamos o suficiente sobre os quadrinhos. Eu li quadrinhos quando era criança, sabíamos que o Coringa não tinha uma história de origem. Também não pretendo dizer se é real ou não, porque acho que é parte da diversão, mostrei a muitas pessoas diferentes e todas elas têm uma reação diferente. Alguns dizem: ‘Oh, eu acho que entendi a última frase do filme, ‘você não entenderia’, com uma das piadas que ele acaba contando anteriormente e ninguém ri. Bem, a piada é o filme? A piada é a coisa? Ou é a coisa sobre o … “A ideia é que você não gosta de responder a essas perguntas, porque é muito interessante ver as diferentes perspectivas que as pessoas tiram dele. Isso é a arte.”

Então, obviamente, o cineasta não está pronto para dar uma resposta concreta a essa pergunta, já que ele intencionalmente fez o filme com a intenção de abrir discussões a respeito deste personagem. Cabe ao público decidir e indagar a respeito do desfecho que acreditam para essa história. Ele continua dizendo:

Essa foi a ideia, a ideia de que todo o ‘passado é múltiplo’, eu gosto de pensar no meu passado com múltiplas escolhas, é um pouco como, ‘Espere, isso aconteceu? Fiz isso?’ É realmente divertido quando você faz um filme com um narrador não confiável. Não existe um narrador tão não confiável como o Coringa. Ele é um narrador não confiável e é o Coringa, então é meio que um golpe duplo, e eu acho que isso contribui para a reação das pessoas ao filme e eu gosto que as pessoas realmente não sabem o que aconteceu. Há certas coisas se você vê-lo novamente, em uma segunda visualização, você notará coisas que não viu antes e precisa voltar e rever todas as suas certezas”.

Nós realmente adoramos está história e a maneira como ela foi contada. Além disso, este filme realmente não dá ao Coringa uma sólida história de origem, porque não sabemos o que é real e o que não é. Mesmo que isso fosse uma história de origem de como o Coringa veio a existir, este filme foi feito de uma maneira em que o começo do vilão está envolto por muitos mistérios, incertezas e pontos de vista diferentes.

Algumas pessoas podem achar isso frustrante, mas esse é o ponto! O narrador é o Coringa, ele não é o tipo de pessoa que vai lhe contar uma história limpa. Ele fará o possível para que você se sinta desconfortável, frustrado e irritado.

Gamezeen is a Zeen theme demo site. Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
Taylor Swift em Cats, adaptação do musical da Broadway.
Cats | O trailer ficou muito bizarro com a música de Us de Jordan Peele